BOCUSE D’OR

A seletiva nacional do Bocuse d’Or aconteceu no dia 16 de março no Sirha São Paulo.
Após 05h35min de competição, o chefLuiz Filipe Souza foi o grande vencedor! Ricardo Dornelles levou a medalha de prata para casa, enquanto Danilo Nakamura e Marcelo Milani ficaram em terceiro e quarto lugar, respectivamente.

O chef vencedor preparou um filé de salmão do Alaska levemente curado na beterraba, cozido à baixa temperatura ao beurre blanc, com pupunha cozida no tucupi e grelhada, alho poró confitado com creme de ouriço e cebola assada com óleo de carvão. Juntamente a um carpaccio do Porco Mangalitsa mi-cuit, o jovem chef preparou um mosaico com mostarda e cogumelos ao sauce Robert, maçã gelificada com coentro, biju com mandioca defumada e pimenta Cambuci, cromequis de foie gras e tartufo nero.

Luiz Filipe e todo Comitê Bocuse d’Or Brasil vão para o México, representando o país na seletiva continental do Bocuse d’Or. Se vencedores, garantem uma vaga na grande final da competição que acontece em janeiro de 2019 em Lyon.
Boa sorte!

Clique aqui e saiba tudo sobre o Bocuse d’Or Brasil
Conheça o vencedor:

Luiz Filipe Souza

Na etapa deste ano competem os quatro chefs vencedores da seletiva regional brasileira - durante mais de 5 horas seguidas - com o objetivo de eleger o competidor que representará o Brasil na Seletiva das Américas 2018 - que acontece em abril, no México, em busca da classificação para a grande final em Lyon, em 2019.




COMPARTILHAR ESTA PÁGINA: